Ventilação natural – economia e sustentabilidade na sua casa

Climatizar um ambiente é fazê-lo permanecer em temperatura agradável e esse processo está totalmente ligado à qualidade de vida e ao conforto de quem frequenta ou habita um local. É possível determinar a temperatura de um espaço usando ventiladores, ares-condicionados, aquecedores ou climatizadores, porém, existe uma maneira de conseguir o mesmo resultado de forma natural, sustentável e com muitos outros benefícios: a ventilação natural.

Além da sustentabilidade, utilizar esse sistema para climatizar uma casa traz outras vantagens: melhora a qualidade do ar, reduz a presença de gases tóxicos, diminui riscos de alergias e problemas respiratórios, é mais higiênico, reduz o consumo de energia e ainda melhora a conservação de roupas nos armários, já que evita o acúmulo de mofo e umidade e atinge, inclusive, ambientes mais reservados da casa.

Existem diversas maneiras de empregar a ventilação natural em um ambiente. A ventilação cruzada, por exemplo, é pensada no projeto do imóvel e consiste em janelas que, ao serem abertas, ajudam no fluxo da ventilação. Grandes planos de abertura também são interessantes. “Em dias quentes, ao abrir a janela é possível sentir a brisa e controlar a ventilação deixando vãos, que mantêm a casa ventilada. Nos dias frios, o fluxo do ar pode ser interrompido, ajudando a conservar a temperatura dentro da casa“, explica a arquiteta Adriana Victorelli, do escritório de arquitetura Neo Arq.

Além das janelas, também facilitam a entrada de ar as portas amplas e basculantes abertos. Mas a ventilação natural não se limita somente ao controle do fluxo de vento. As aberturas favorecem também a entrada do sol, o que é uma boa saída para aquecer a casa nos dias frios. Para que isso aconteça da maneira ideal, é importante o projeto de um arquiteto que irá planejar a implantação das aberturas, já que, no outono e inverno o sol incide de forma diferente da primavera e do verão.

SERVIÇO:
Neo Arq
www.neoarq.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *