Uma cidade mais colorida

É cada vez mais comum vermos nas ruas bicicletas multicoloridas cheias de adesivos, rodas de cores e modelos diferentes, peças que muitas vezes nem combinam. Mas de onde veio isso?
O que hoje é um estilo começou há alguns anos de uma forma bem diferente. As pessoas de baixa renda, buscando um meio ou uma alternativa de locomoção que ao menos fosse eficiente, voltaram-se para a bicicleta. Porém, o uso constante exigia uma manutenção. O fato de ter uma roda ou um guidão torto não poderia tirar de circulação o seu único meio de transporte. Assim, elas passaram a usar peças de outras bicicletas que estavam abandonadas, ou as que um vizinho não usava mais, criando assim um estilo único.
Em um movimento parecido com o que aconteceu com a feijoada no início do século passado, as elites passaram a admirar e copiar esse estilo das bikes “retalho”. Hoje, estilistas e marcas de roupa já criam suas próprias bikes com cores e estampas personalizadas, seja para ilustrar as vitrines, seja para associar a marca à qualidade de vida e a um mundo sustentável.
Também existem lojas especializadas para atender esse tipo de cliente, que trabalham com bicicletas feitas à mão, nas quais o esquema de cores e o design são cuidadosamente pensados para levar ao biker um modelo exclusivo e bem diferente das outras bicicletas.

SERVIÇO:
Ring53
www.ring53.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

  face