Um ambiente que é a sua cara

Que tal deixar sua casa do jeitinho que pensou? Muitas vezes o pensamento é que muitos móveis e acessórios não podem ser encontrados da forma que planejou, mas agora com o avanço de tecnologias e variedades no mercado esse problema pode ser solucionado rapidamente com muita criatividade e ousadia na decoração.

A designer de interiores Mônica Becker acredita que a tendência é a exclusividade e personalização para conquistar os consumidores cada vez mais. “Hoje as pessoas querem deixar os ambientes da forma como imaginaram e que eles expressem valores, histórias e sentimentos. Por isso a procura por algo único e especial”, conta.

Mônica explica que o trabalho do designer é justamente saber identificar essas vontades e mostrar opções para o cliente se sentir à vontade em expor ideias e desejos. “A quantidade de opções de materiais, móveis e acessórios confunde o consumidor. Muitos se sentem perdidos e querem comprar tudo ou nada. O designer entra para ajudá-lo a tomar essas decisões”, revela.

O grande segredo dos projetos é entender as necessidades e desejos do cliente para que os ambientes sejam harmônicos, elegantes e sofisticados. “Acima de tudo o cliente deseja conforto e modernidade. Acompanhar todo esse processo de escolha desde a cor da porta, o quadro da parede faz toda a diferença no resultado final”, argumenta.

Segundo Mônica, a personalização pode ocorrer desde um papel de parede, pastilha, iluminação diferenciada, plotagem ou móveis sob medida, tudo isso pode deixar o ambiente com a cara do cliente. Uma dica importante na hora de escolher cada material ou acessório é o acompanhamento do designer, já que ele poderá orientar e sugerir as melhores formas tanto financeiras como estéticas em cada ambiente.

SERVIÇO:
Mônica Becker – www.monicabecker.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

  face