Toyota Hilux ganha motor a diesel

As linhas Toyota Hilux e SW4 estão com motor a diesel e câmbio automático novos. O quatro-cilindros 3.0 16V recebeu modificações para adequar-se à legislação de emissões de poluentes e ficou mais potente. São agora 171 cv, ganho de 8 cv sobre o anterior, mas distante do oferecido na concorrência.

A nova Chevrolet S10 tem 180 cv, mesma potência da VW Amarok. A Nissan Frontier é a mais forte, com 190 cv. A próxima Ford Ranger deverá ter 200 cv.

A outra opção a diesel da Hilux, o quatro-cilindros 2.5 de 102 cv, deixa de ser oferecida.

O câmbio automático passa a ter cinco marchas. O antigo tinha apenas quatro. E é oferecido em uma nova versão intermediária, a SR 4×4, que antes trazia apenas a caixa manual de cinco velocidades. Essa opção também é oferecida para a SW4.

Outra novidade é a oferta nas versões a diesel de sistema de navegação integrado ao painel com tela sensível ao toque.

Fim de linha
Na Citroën, chega ao fim a produção da minivan Xsara Picasso. Feita desde 2010 apenas no País (na fábrica de Porto Real, RJ), a Picasso teve mais de 100 mil unidades fabricadas.

EQUIPE AE

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *