Tatuapé e Mooca contam com postos de recolhimento de resíduos eletroeletrônicos

Todos os cidadãos deveriam ter boas práticas ambientais! Como ser sustentável está em alta e a preocupação com a sobrevivência do planeta é de interesse coletivo, é cada vez mais comum ver as pessoas preocupadas com o descarte correto de equipamentos que já não utilizam mais ou que apenas estão velhos, como TVs, áudio, vídeo (videocassete/DVD), micro-ondas, microcomputadores, notebooks e impressoras. Estes equipamentos eletroeletrônicos quando deixados em casa, depositados ou manipulados de maneira incorreta prejudicam o meio ambiente, podendo contaminá-lo e acarretando risco à saúde, entre outros. Por isso, a lei e o bom senso devem ser seguidos por todos, pois ainda é muito comum ver esse tipo de equipamento ser jogado no lixo comum ou no chão, o que não é correto, o ideal é que os mesmos sejam entregues àqueles que sabem o que fazer com os equipamentos eletroeletrônicos, protegendo as pessoas e o meio ambiente.

Foi pensando nisso que o INRE (Instituto Nacional de Resíduos), atuando em conjunto com a Green Mind Desenvolvimento Sustentável, a ABRASA (Associação Brasileira das Entidades Representativas e Empresas de Serviço Autorizado em Eletroeletrônicos) e a Reciclo Metais, implementaram um sistema nacional para recolhimento de eletroeletrônicos para que os cidadãos possam colaborar para a destinação ambientalmente adequada destes equipamentos. A zona Leste se destaca e conta com dois postos para a destinação ambiental correta dos resíduos, um no Tatuapé e o outro na Mooca, que estarão recebendo os eletroeletrônicos até o dia 31 de julho de 2015.

“O objetivo do sistema de logística reversa de resíduos eletrônicos é o consumidor descartar seus equipamentos eletroeletrônicos inservíveis, por estarem quebrados, tecnologicamente inúteis ou por terem comprado um equipamento mais moderno e quando desejarem se ver livre do equipamento atual. Atualmente, o eletroeletrônico inservível é descartado juntamente com o lixo comum ou na rua. Também existe o que chamamos descarte social, o que é passar o equipamento para frente, para um amigo, parente, funcionário etc., ou ainda abandonar em uma oficina de assistência técnica. Finalmente existe o descarte interno – guardar em casa o que virou lixo. O sistema de logística reversa de resíduos eletroeletrônicos é um mecanismo para que o consumidor faça o descarte de seu equipamento eletroeletrônico inservível de forma ética, ambientalmente adequada e controlada, garantindo a sua destinação correta, inclusive perante a lei”, conta a colaboradora da Green Mind, Carolina dos Santos Pereira.

Ao fazer o descarte correto o doador realiza a sua parte da responsabilidade compartilhada prevista na Política Nacional de Resíduos Sólidos. “Além de garantir a destinação ambientalmente adequada e a conservação do meio ambiente para as gerações futuras. Pela sua realização e atuação receberá do INRE, via e-mail, um certificado atestando que seu equipamento recebeu a destinação ambientalmente adequada. É a prova e estímulo para um cidadão consciente que protege o que lhe é mais precioso, o ambiente que lhe garante e alimenta a vida e tudo de bom que a vida traz”, completa o consultor José Fernandez.

Além disso, as novidades do projeto para 2015 são a disponibilidade do envio imediato do termo de doação dos eletroeletrônicos pelo WhatsApp pelo telefone 95495-8626 e uma campanha de incentivo por meio de selfies, onde quem destina de maneira correta seu equipamento inservível nos Pilotos do INRE, posta uma selfie com #inr3e e/ou #retorneinoinre somada a frases que o associam às boas práticas ambientais. Confira!

O que posso descartar?
Podem ser descartados os seguintes itens: TVs, áudio, vídeo (videocassete/DVD), micro-ondas, microcomputadores, notebooks, impressoras, entre outros. O piloto não recebe: Geladeiras, fogões, máquinas de lavar (roupas ou louças), freezers, condicionadores de ar, lâmpadas, pilhas e/ou baterias (exceto as que fazem parte do equipamento).

Como funciona a doação?
Não é necessário levar documentação específica. A entrega deve ocorrer dentro do horário comercial dos pontos de coleta, sem necessidade de agendamento. Somente no momento da entrega do(s) aparelho(s), o consumidor deverá preencher e assinar o Termo de Doação do equipamento direto para o reciclador. O consumidor tem também a opção de baixar o Termo de Doação através da página na internet www.inre.org.br e levar o Termo já preenchido e assinado. Esta é uma etapa muito importante do processo, pois garante a transferência da posse e da responsabilidade sobre o resíduo do consumidor para o reciclador. Sem o Termo de Doação o processo de logística reversa pós-consumo não consegue começar e o objetivo de o consumidor entregar seu eletroeletrônico inservível para reciclagem não poderá ocorrer.

Na região da zona Leste, os postos de Coleta do Piloto são:
* Panafax – Av. Celso Garcia, 2874 – Mooca – Tel.: 2612-1466 – Hor.: De 2ª a 6ª, das 9h às 18h. Sáb., das 9h às 12h.
* Servicompo – Rua Itapura, 999 – Tatuapé – Tel.: 2942-8982 – Hor.: De 2ª a 6ª, das 8h às 18h.

Qualquer consumidor que tenha dúvidas, sugestões, comentários ou críticas pode entrar em contato, por meio do e-mail retorne@inre.eco.br

SERVIÇO:
ABRASA
www.abrasa.com.br

Green Mind Desenvolvimento Sustentável
www.greenmind.com.br

Instituto Nacional de Resíduos
www.inre.org.br

Reciclo Metais
www.reciclometais.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

  face