Renda fixa: investimento prefixado ou pós-fixado?

Na hora de investir em renda fixa, a primeira decisão a ser tomada é entre fazer um investimento prefixado ou pós-fixado. Pode parecer difícil, mas entender a diferença é muito importante para fazer a melhor opção para você e não se decepcionar.

Primeiramente, é importante dizer que ambos são seguros do ponto de vista de credibilidade: pode ter certeza que você receberá o seu dinheiro de volta. A diferença está em como funciona o rendimento.

Nos investimentos prefixados, já fica definido, no momento da aplicação, o quanto você ganhará no resgate. Por exemplo, 12% ao ano.

Nos investimentos pós-fixados, o rendimento normalmente é atrelado a um índice, como o CDI (taxa pela qual os bancos emprestam dinheiro entre si) ou o IPCA (que mede a inflação do País), e a aplicação acompanha o cenário econômico.

Pode parecer que um investimento prefixado tem rendimentos mais seguros, mas isso não é verdade. Para que você possa escolher com clareza, vamos lhe ajudar a entender como eles funcionam e os riscos envolvidos em cada um.

Para começar, é preciso ter algo em mente: para saber se está fazendo um bom investimento, é preciso não só olhar o quanto renderá aquela aplicação, mas comparar a taxa às oferecidas por outras instituições e à inflação do País.

Devemos escolher um investimento prefixado quando:

• Estamos otimistas em relação à economia e acreditamos que a taxa de juros irá cair;

• Queremos saber exatamente o valor que receberemos ao final da aplicação.

Devemos escolher um investimento pós-fixado quando:

• Estamos pessimistas em relação à economia e acreditamos que a taxa de juros vá continuar subindo;

• Podemos precisar do dinheiro antes do vencimento;

• Não sabemos o que pensar em relação à economia e queremos jogar seguro.

SERVIÇO:
Finanças Femininas
www.financasfemininas.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

  face