Plantão do Torcedor – Edição 299

colaboração GEORGES NABHAN

Danilo fica perto de renovar com o time
O Timão está próximo de um acordo para a renovação de contrato do meia Danilo. O camisa 20 já vinha conversando com a diretoria do clube e ficou feliz com a proposta feita por ela. Os detalhes do contrato ainda não foram divulgados e as duas partes mantêm sigilo sobre o assunto. “Está perto (de um acordo). A ideia é continuar. Não posso falar nada ainda, mas daqui a pouco deve sair alguma coisa”, disse o jogador. Um dos assuntos da negociação é que o Timão não gostaria que o novo vínculo fosse de mais de um ano, já que o jogador está com 33 anos e se aproxima do fim de sua carreira. Porém com a boa fase que está vivendo, Danilo vem recebendo propostas de clubes do exterior, principalmente do mundo árabe, isso pode fazer que o tempo do novo contrato oferecido pelo Corinthians seja maior. Depois de chegar ao clube em 2010 e causar muita desconfiança na torcida, muitas vezes sendo alvo de críticas, Danilo se firmou no time na campanha do título do Campeonato Brasileiro, em 2011, e caiu nas graças do “bando de loucos” após ser peça fundamental na conquista da Libertadores.

Felipão não é mais o treinador do Verdão
Foi confirmado em uma reunião realizada no clube, que o técnico Luis Felipe Scolari não é mais o técnico do Palmeiras. A gota d’água para a diretoria alviverde foi a derrota para o Vasco por 3 a 1, que deixou o Verdão na vice-lanterna do Campeonato Brasileiro. Além de Felipão, o seu auxiliar técnico que o acompanha durante toda sua carreira, Flávio Murtosa, também foi demitido do clube. O principal nome para substituir o cargo deixado pelo campeão mundial é o de Emerson Leão, que recentemente dirigiu o São Paulo e está empregado no São Caetano. Porém, tirá-lo de lá não será nada fácil, já que Nairo Ferreira, presidente do Azulão, declarou à rádio Estadão/ESPN que não pretende liberar o treinador para o clube do Parque Antárctica.À frente do Palmeiras, Felipão disputou 407 jogos com 192 vitórias, 111 empates e 105 derrotas. Além disso, conquistou pelo clube a Taça Libertadores (1999), Copa Mercosul (1998), Copa do Brasil (1998 e 2012) e Torneio Rio-São Paulo (2000).


Após derrota, Geninho não quer Lusa abatida
Depois de fazer um bom jogo mas sair derrotada de campo pelo Fluminense por 2 a 0, o técnico Geninho já avisou para os jogadores não se abaterem pelo resultado do jogo em função da superioridade da Lusa durante os 90 minutos de bola rolando. “Esse jogo não põe a gente para baixo, de jeito nenhum”, comentou o treinador. Geninho também já começou a pensar no clássico diante do São Paulo, na próxima rodada: “Vamos ter o Valdomiro de volta, que é um jogador voluntarioso e titular, mas ainda precisamos observar outros, porque o São Paulo é um grande desafiante e vencê-los nos deu moral no primeiro turno”, ressaltou o comandante rubro-verde.

A única ressalva feita por Geninho foi para a equipe volte a ter a tranquilidade de marcar gols nas horas decisivas dos jogos. “Só precisamos recuperar mesmo a tranquilidade para marcar os gols. Não adianta criar, como foi contra o Fluminense, e não marcar os gols. Isso não é falta de um camisa 10, de um armador, é falta de calma para concluir. Mas isso não é motivo para desespero, porque estamos em um bom caminho”, afirmou Geninho.

Em relação a Neymar, Muricy pede valorização da CBF com o Peixe
Neymar é realmente indispensável no time do Santos e encaixa perfeitamente no esquema tático montado pelo técnico Muricy Ramalho. Após a vitória por 2 a 0 diante do Flamengo, quando o camisa 11 marcou um belíssimo gol, fez com que Muricy falasse que o Santos deveria ser tratado com mais carinho pela CBF pelo esforço que fez em manter Neymar na Vila Belmiro até 2014. E que a instituição e o técnico Mano Menezes criem estratégias para que o Peixe não saia mais prejudicado com as constantes convocações do craque para defender a Amarelinha. “A diretoria do Santos fez uma coisa incrível. Nenhum outro clube faria esse sacrifício para mantê-lo. Imagina o futebol brasileiro sem o Neymar hoje? É o maior ídolo, e o Santos cooperou demais. Por isso, reclamamos dos jogos (da Seleção). Estamos vendo o nosso lado. Dá para mexer em algumas datas e olhar com carinho o investimento alto que o Santos fez”, pediu o comandante. “Foi um exemplo e vários outros times do futebol brasileiro copiaram, trazendo grandes jogadores. A torcida do Santos cresce fora de São Paulo, nós estamos vendo. Por isso as pessoas têm de valorizar esse sacrifício para mantê-lo aqui”, completou Muricy.

DIS admite ajudar o Tricolor a trazer Ganso
A vida de Paulo Henrique Ganso segue enrolada e o Tricolor segue tentando trazê-lo para o Morumbi. Para que isso possa acontecer, o São Paulo ganhou um aliado, o grupo de investidores DIS, que admitiu ajudar o clube financeiramente para que o clube do Morumbi possa contar com o futebol do camisa 10. Os investidores disseram que podem ajudar a pagar os R$ 23,8 milhões ao Santos, valor que diz respeito à parte dos direitos federativos do jogador que pertencem ao clube da baixada santista. Se o DIS realmente ajudar a pagar o valor, o grupo e o São Paulo vão dividir, de acordo com o dinheiro investido por cada parte, 45% dos direitos do atleta. Lembrando que a DIS já é dona de 55% dos direitos federativos de Ganso. Porém, o Grêmio não deve deixar que a negociação do São Paulo com o jogador saia facilmente, já que demostrou a vontade de contratar o craque. A diretoria do Santos declarou que prefere vender Ganso ao Tricolor Gaúcho, pois não se trata de um rival, como é o caso do Tricolor Paulista.

Acompanhe o Campeonato Brasileiro
A 25ª rodada do Brasileirão começa neste sábado, dia 15, com dois jogos às 18h30: o Fluminense encara o Atlético-GO no Raulino de Oliveira e o São Paulo tem pela frente a Portuguesa no Morumbi. No domingo, dia 16, a rodada continua com mais cinco confrontos às 16h: Palmeiras e Corinthians fazem o clássico no Pacaembu, o Cruzeiro pega o Vasco no Melão, o Coritiba encara o Santos no Couto Pereira, o Náutico tem pela frente o Atlético-MG no Aflitos e o Bahia joga contra o Figueirense em Pituaçu. Às 18h30, acontece o encerramento da rodada com mais três duelos: o Flamengo recebe o Grêmio no Engenhão, o Internacional pega o Sport no Beira-Rio e a Ponte Preta joga contra o Botafogo no Moisés Lucarelli.

Com novidades, Mano prepara a Seleção para pegar a Argentina
Após golear a China por 8 a 0, a Seleção Brasileira volta suas atenções para o Superclássico das Américas, em que vai enfrentar a rival Argentina em dois jogos. O primeiro confronto ocorre nesta quarta-feira, dia 19, no estádio Serra Dourada, em Goiás, e o técnico Mano Menezes divulgou a lista de convocados que conta com algumas novidades, como a volta do são-paulino Luis Fabiano, que não era chamado para defender o Brasil desde a Copa do Mundo de 2010, realizada na África do Sul, e do jovem Bernard, do Atlético-MG, que vai estrear com a camisa verde e amarela. Já para o segundo jogo, que acontecerá no dia 3 de outubro, na cidade de Resistencia, na Argentina, Mano afirmou que não deve mexer na lista de convocados. “Critérios de continuidade para alguns, tentando não ampliar tanto a lista de novos jogadores, mas mesmo assim obedecendo a aspectos de jogadores que estão se destacando no Brasileirão. Buscamos um equilíbrio. A intenção é manter essa relação para os dois jogos”, disse o comandante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *