Participe da eleição para o Conselho Participativo Municipal

Cerca de 2.857 candidatos se inscreveram nas 32 Subprefeituras da Capital para participar da eleição do Conselho Participativo Municipal, que acontece no dia 08 de dezembro, das 9h às 17h. Durante as eleições serão escolhidos 1.125 representantes da sociedade civil, que formarão um colegiado para ampliar a participação popular e a transparência nos governos locais. Cada subprefeitura contará com, no mínimo, 19 conselheiros e no máximo 51. Na Subprefeitura Mooca haverá 40 conselheiros, que serão redistribuídos entre os distritos: Água Rasa, 8; Belém, 5; Brás, 5; Mooca, 8; Pari, 5 e Tatuapé, 9.

De acordo com o secretário de Relações Governamentais, João Antonio, “agora é hora de chamar a sociedade para participar ativamente da votação e construir conselhos com força política e apoio popular”, conclui.

Na Subprefeitura Mooca – Subdistrito Tatuapé, um dos candidatos é o advogado, Alessandro Ragazzi, morador do bairro há 20 anos. Atuante na região como consultor jurídico, ele estudou nos colégios Mary Ward e Santo Antonio de Lisboa. É graduado em direito pela PUC de São Paulo e pós-graduado em Direito Tributário pela mesma instituição. Além disso, também é conselheiro da Associação Comercial e Distrital Tatuapé.

Alessandro relevou como decidiu se inscrever para o Conselho Participativo Municipal. “A candidatura veio atendendo a um pedido de lideranças do bairro, como a Associação Comercial. Acredito no espírito empreendedor de nossa região e ter um representante do bairro, como agente facilitador deste processo, é fundamental”, afirma.

Para que a população possa compreender exatamente qual será a função de um conselheiro, ele explica: “Os conselheiros terão papel decisivo na definição dos destinos das verbas direcionadas às Subprefeituras, influindo diretamente em questões como limpeza e manutenção urbana, poda de árvores, conservação de vias, segurança, mobilidade urbana, sossego público, entre outros”.

Já com relação aos seus objetivos para o cargo, ele conta que será um representante digno dos moradores. “Ouvirei com seriedade os desejos dos nossos moradores e contribuirei para que estes desejos se transformem em atitudes concretas por parte da Prefeitura”, completa.

Quando o assunto são as melhorias que podem ser trazidas para a região, ele revela: “Primeiramente, uma readequação das vias públicas, tentando diminuir os terríveis congestionamentos de nosso bairro. Mas há outros diversos pontos, como a limpeza e conservação, e mesmo a questão da segurança, que envolve a Guarda Civil Metropolitana. Encaro também que o respeito ao sossego, com a coibição do excessivo barulho de bares, casas noturnas e automóveis é uma questão que deve ser enfrentada. Além disso, há o quesito do fomento ao esporte e lazer, que considero prioritário”.

Como é possível votar?
Com 10 mil urnas eletrônicas a eleição será aberta à sociedade em geral e para saber onde votar, basta acessar: www.conselhoparticipativo.prefeitura.sp.gov.br/docs/locais.pdf

No dia é necessário levar um documento de identificação oficial com foto. O eleitor poderá votar em até cinco candidatos da sua subprefeitura. Para conhecer os nomes de todos eles consulte o site: www.conselhoparticipativo.prefeitura.sp.gov.br/candidatos.php

Fonte:
Prefeitura de São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *