O Brasil acordou!

O povo vem assistindo há muito tempo o descaso com o uso do dinheiro público. Recursos que deveriam ser utilizados na saúde, educação, transportes, com os aposentados, segurança e incentivos à produção são gastos com uma máquina de governo cada vez mais pesada e pouco eficiente. A corrupção e os desvios, que antes eram feitos de forma mais velada, hoje foram incorporados à política e mesmo condenados, políticos continuam influentes e despachando naturalmente.

A carga tributária inviabiliza e desanima qualquer iniciativa de investimento e o setor produtivo vai definhando a cada dia. A falta de segurança e cenas assustadoras de mortes e abusos passaram a ser destaque nos noticiários, com os bandidos rindo da impunidade e da tristeza daqueles que se tornaram vítimas. Recursos altíssimos sendo investidos na Copa do Mundo, o aumento dos transportes e a total falta de perspectivas de melhoria deste cenário serviram de combustível, que injetado nos meios de comunicação, principalmente nas mídias sociais, fizeram despertar um povo que está cansado de assistir a tudo e não poder fazer nada.

Jovens, idosos e até crianças foram para as ruas protestar. Alguns movimentos partidários procuraram e procuram tirar algum proveito deste momento, mas o fato é que o povo percebeu que não precisa de bandeiras e pode manifestar suas vontades e exigir mudanças e respeito sem “padrinhos”.

Em São Paulo, o governador Geraldo Alckmin e o prefeito Fernando Haddad, de partidos diferentes, juntos revogaram os aumentos do transporte público. Os manifestantes prometem continuar a lutar por questões importantes, como a não aprovação da PEC 37 (Proposta de Emenda à Constituição que passa o poder de investigação criminal exclusivamente às polícias federais e civis retirando essa atribuição de alguns órgãos e sobretudo do Ministério Público).

O que estamos vendo na rua são pessoas de gerações e níveis sociais diferentes, mas com propósitos muito parecidos. Todos clamam por respeito e atitude. Ainda é cedo para prever o resultado prático de tudo isso, mas é uma esperança assistir a grande massa protestando de forma consciente, reprimindo os vândalos ou oportunistas e colocando os nossos políticos em posição de alerta. No futuro, tudo pode ser bem diferente, tudo pode ser bem melhor. Vamos torcer!

Fiquem com Deus e até a próxima!

Paulo César Cardoso ul – paulopat@pacprommos.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

  face