Líderes usam restritor de potência em Santa Cruz do Sul

Competitividade é o lema da Fórmula Truck. Para manter o equilíbrio durante toda a temporada foi criada o restritor de potência, aparato que será usado pela primeira vez no Autódromo de Santa Cruz do Sul, local que receberá no dia 9 de agosto, às 13h, a disputada sexta etapa da temporada da Fórmula Truck. Os 3.530 metros do traçado da cidade do interior do Rio Grande do Sul exigem bastante dos motores dos caminhões e, como prevê o regulamente de 2015, os três primeiros colocados na classificação geral já o utilizam desde a segunda prova do ano, disputada em Campo Grande, Mato Grosso do Sul. Durante os treinos e a corrida os que usarão o restritor são o líder Felipe Giaffone (Volkswagen Constellation), o vice-líder Paulo Salustiano (Mercedes-Benz) e o terceiro colocado Leandro Totti (Volkswagen Constellation).

O restritor é uma espécie de anel, colocado na entrada do turbo, que tem como objetivo reduzir a entrada de ar e, consequentemente, a potência dos motores que chegam a algo em torno de mil cavalos. O primeiro colocado, Felipe Giaffone, é o que sofre mais, pois em vez dos 80 milímetros de abertura para a entrada de oxigênio, que todos os posicionados do quarto lugar em diante apresentam, tem uma redução para 74 mm, o que o leva a perder cerca de 70 cavalos. Giaffone venceu a última etapa, disputada em Goiânia, e se manteve na ponta do Campeonato Brasileiro.

SERVIÇO:
Fórmula Truck
www.formulatruck.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *