Harley-Davidson projeta plantar 50 milhões de árvores pelo mundo até 2025

A Harley-Davidson, em parceria com a The Nature Conservancy, está mobilizando sua comunidade global de motociclistas para levantar fundos com o intuito de plantar 50 milhões de árvores em todo o mundo até 2025 como parte de sua iniciativa, chamada Renew the Ride (Renove o passeio).

Com o objetivo de preservar o caminho aberto para gerações futuras de motociclistas, o projeto é a missão global mais recente da Harley-Davidson. Com ele, a empresa tenta encorajar seus clientes e concessionárias a dedicarem tempo e realizarem doações em prol da The Nature Conservancy, organização sem fins lucrativos cuja missão é conservar plantas, animais e comunidades naturais que representam a diversidade da vida na Terra, protegendo espaços que necessitam para sobreviver.

“O motociclismo tem a ver com sair de sua casa e curtir o ambiente lá fora, admirando o mundo atrás do guidão de sua moto”, diz Mark-Hans Richer, vice-presidente de Marketing da Harley-Davidson Motor Company. “Estamos empenhados em preservar o caminho aberto para as gerações futuras de pilotos. Nossa parceria com a The Nature Conservancy nos dá uma oportunidade de mobilizar a nossa comunidade global para ajudar a cumprir com esta missão”.

O programa de plantar um bilhão de árvores é uma iniciativa sem precedentes que já reflorestou mais de 57 km² de área e plantou e restaurou mais de 14 milhões de árvores na Mata Atlântica, localizada na região costeira do Brasil, desde 2008. O objetivo é restaurar as florestas mais críticas do mundo, com especial atenção à Mata Atlântica, as províncias de Yunnan e Sichuan, na China, além de áreas nos Estados Unidos.

SERVIÇO:
Renew The Ride
www.renewtheride.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

  face