Haddad regulamenta projeto de IPTU progressivo

O prefeito Fernando Haddad regulamentou o projeto de Imposto Predial e Territorial Urbano, IPTU, progressivo que prevê a desapropriação de imóveis vazios ou subutilizados em um prazo de cinco anos. A regulamentação foi publicada no “Diário Oficial” da Cidade no dia 11 de novembro. De acordo com o decreto, após a notificação, o tributo passará a ter alíquotas aumentadas até atingir o limite de 15% do valor venal do imóvel. A alíquota começa a aumentar caso o proprietário não dê utilidade ao imóvel um ano após a notificação feita pela prefeitura. Caso o problema seja resolvido, o processo é interrompido.

A prefeitura defende o instrumento para combater a ociosidade dos imóveis e a especulação imobiliária na Cidade. Segundo essa argumentação, a prática de manter um imóvel desocupado aguardando condições mais vantajosas encarece o preço da terra, afetando a política habitacional. A medida já estava prevista no Plano Diretor de 2002, mas não vinha sendo implementada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

  face