Futebol – Edição 388

Sem outros reforços, Mano fala em usar mais as revelações do time

Depois de se frustrar na tentativa de contratar um atacante e um zagueiro para reforçarem o grupo da disputa da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro, a diretoria do Timão decidiu fechar o elenco até o fim do ano. Com isso, a ideia é que o técnico Mano Menezes utilize os jogadores à disposição, incluindo os promovidos das categorias de base no início desta temporada.

Inclusive, o treinador alvinegro já faz trabalhos especiais com os jovens jogadores revelados pelo clube, já que muitos dos outros atletas do grupo, que são mais experientes, estão sendo constantemente convocados para defenderem seus países e desfalcam o time durante a temporada.

“Se temos essas possibilidades, as condições financeiras fogem daquilo que é a filosofia do clube neste momento. Entendemos que os jogadores que estão aqui satisfazem aquilo que quero, e comprovaram isso nessa semana. Se tivermos, numa emergência extrema, principalmente para a situação de ataque, vou recorrer às categorias de base”, disse Mano.

Autor do gol da vitória, Cristaldo agradece apoio da torcida

Mesmo no sufoco, o Verdão conquistou a vitória diante do Criciúma por 1 a 0, com gol do argentino Cristaldo, no segundo jogo do técnico Dorival Júnior à frente do time. Após a partida, o atacante agradeceu à torcida por todo o apoio que vem dando neste momento delicado no qual o time está passando no Campeonato Brasileiro.

“Estou muito emocionado. A torcida do Palmeiras, nas ruas e redes sociais, me mostra muito carinho. Estou muito agradecido aos torcedores. Espero dar muito mais ao Palmeiras e que o time consiga ir para cima”, comemorou.

Outro jogador que celebrou a vitória foi Henrique, que enalteceu o feito principalmente contra um adversário que estava na briga pelas mesmas posições que o alviverde. “Estávamos precisando desse resultado. Era um adversário direto, um jogo de seis pontos. Temos um grande elenco. O Dorival está passando confiança para nós. O grupo está de parabéns pela entrega. Quando não dá na técnica, tem de ir na raça. O importante é vencer. Agora é manter os pés no chão. Temos um adversário duro agora, que é o Fluminense”, disse o camisa 19.

Como frisado por Henrique, o Verdão tem um grande desafio no dia 13, sábado, quanto vai à Cidade Maravilhosa para enfrentar o Fluminense, no Maracanã, às 18h30.

Enderson não vê partida ruim, mesmo após o revés

Com a derrota para o Sport por 3 a 1, o Peixe chegou ao sexto placar negativo jogando fora de casa, no Brasileirão. Mesmo com o placar adverso, o técnico Enderson Moreira salientou que o time não jogou mal e que o adversário soube aproveitar melhor as chances que teve.

“Não tenho dúvida nenhuma disso, criamos situações para isso. No segundo tempo, tivemos no chute do Lucas que o Magrão fez uma grande defesa, tivemos boas situações, chances de bola parada. No primeiro tempo, ganhávamos de 1 a 0 e tivemos uma chance boa em um cabeceio do Leandro Damião. Tivemos boas possibilidades, mas não fomos tão eficientes quanto o Sport, que conseguiu traduzir em gols e saiu vitorioso”, analisou o atual treinador santista. O treinador ainda ressaltou que sua equipe manteve o controle da bola em boa parte da partida, mas não foi objetiva o bastante para transformar isso em gols.

Muricy elogia seu time, após grandes atuações

Subindo de produção e na tabela, o Tricolor vem conquistando grandes resultados. Contra o Botafogo não foi diferente, fez uma excelente partida, venceu o clube carioca por 4 a 2 e se isolou na vice-liderança do Campeonato Brasileiro. Essas atuações não agradaram apenas à torcida, mas também ao técnico Muricy Ramalho, que demonstrou estar muito satisfeito com o desempenho de seus comandados.

“Quem vai ao estádio vê o São Paulo mostrando um bom futebol. Dá gosto de ver esse time jogar. Sempre na direção do gol. Hoje, mesmo quando tomamos a virada, o time manteve a tranquilidade e buscou o resultado. Isso nos dá a certeza de que tudo que fizemos para arrumar a equipe deu o resultado esperado”, afirmou o treinador.

No dia 14, domingo, o Tricolor poderá entrar de vez na briga pelo título, mas para isso precisará vencer o líder Cruzeiro no Morumbi. Para Muricy o jogo será muito difícil, mas o São Paulo pode passar pelo rival. “O Cruzeiro é o time que está jogando o melhor futebol do Brasil, porque se preparou para isso. A gente não se preparou, nosso ano passado foi um desastre. O Cruzeiro está na frente porque merece. Eles tiveram planejamento e merecem estar onde estão. A gente está recuperando o São Paulo dentro do Campeonato Brasileiro. É muito difícil quando você encontra um time tão equilibrado como o Cruzeiro. Eles têm de errar e a gente acertar tudo. Será complicado, mas vamos brigar pelo título”, avaliou o treinador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *