Futebol – Edição 370

Às vésperas do clássico, Mano tenta acertar o ataque

Há sete jogos sem sofrer gol, a defesa do Timão vem lembrando os jogos em que tinha o técnico Tite no comando. Em boa fase no Brasileirão, liderando o torneio, o Corinthians tenta voltar a ter um bom desempenho no setor ofensivo. Neste fim de semana o time tem um teste para mostrar a eficiência no ataque, já que faz o clássico contra o São Paulo, às 16h, na Arena Barueri.

Principal atacante do elenco, o peruano Paolo Guerrero estava há três meses sem balançar as redes, acabou com o jejum e deixou sua marca nos últimos dois jogos do time. Para o meia Jadson, que não poderá estar em campo devido ao acordo entre Corinthians e São Paulo, é bom ver o camisa 9 voltando a marcar e restabelecendo a confiança. “É importante ver o Guerrero fazendo gols e ganhando confiança novamente. Quanto mais opções tivermos, melhor. Melhor para quem arma as jogadas também”, falou o meia.

Um dos fatores que também pode estar prejudicando o ataque é a falta de opções para o técnico Mano Menezes, que só conta com três jogadores mais experientes no setor (Guerrero, Romarinho e Luciano). Ciente disso, a diretoria do clube busca mais uma peça para compor o setor. “Está difícil e não escondemos isso de ninguém. O elenco é bom, mas ainda precisamos de mais uma peça nesse setor. Com calma, vamos achar alguém que se encaixe no que pretendemos”, disse o diretor de futebol Ronaldo Ximenes.

Pressionado, Gilson Kleina deixa o comando do Palmeiras

Depois da derrota do Verdão para o Sampaio Corrêa por 2 a 1 na Copa do Brasil, a terceira seguida do time, o técnico Gilson Kleina acabou sendo demitido do comando técnico da equipe. A decisão foi anunciada em uma reunião do técnico com a diretoria do alviverde na Academia de Futebol no dia 8 de maio. Logo após a decisão, Kleina divulgou uma nota comentando sua saída do clube.

“Eu me orgulho de ter ficado à frente da equipe em importantes momentos. Agradeço em especial à torcida, jogadores, funcionários, diretoria e a todos que sempre estiveram me apoiando e dando força em momentos difíceis, mas que, com garra e força de vontade, superamos e vencemos importantes etapas. Encerro esse ciclo e espero que o Palmeiras tenha muito sucesso e esteja sempre no lugar onde merece”, afirmou.

O presidente Paulo Nobre também se pronunciou sobre a demissão do treinador em entrevista coletiva realizada no dia 08 de maio. “Mandamos embora porque concluímos que o ciclo dele acabou. Insistir nisso seria pior para o Palmeiras e para ele. Realizamos avaliações, a cada rodada fazemos reuniões, temos consciência de onde o elenco precisa ser reforçado. Fizemos avaliações no Paulista para contratar agora e deixar o elenco mais forte”, disse o mandatário.

Lusa perde os pontos da primeira rodada e ainda leva punição

No jogo de estreia da Lusa na Série B contra o Joinville, em Santa Catarina, no dia 18 de abril, o time foi retirado de campo e impedido de dar sequência ao jogo por um oficial de justiça, já que o clube havia conseguido uma liminar em ocorrência de todo o imbróglio envolvido no fim do Brasileirão em 2013. Porém, essa atitude custou caro ao rubro-verde, já que em julgamento realizado pelo STJD (Supremo Tribunal de Justiça Desportiva) determinou que os três pontos fossem dados ao clube catarinense, contabilizando uma derrota por 3 a 0 à Portuguesa.

Além disso, foi aplicada uma multa de R$ 50 mil ao clube, suspensão de quatro jogos ao técnico Argel Fucks e afastamento de 240 dias do presidente Ilídio Lico. O advogado do clube, José Luiz Ferreira, disse que vai recorrer da suspensão do treinador e analisar as outras.

“Tínhamos como certo de que não cairíamos para a Série C. Não infringimos nenhuma regra para cair de divisão. Agora vamos avaliar os recursos, mas um é certo: o do Argel, pois a suspensão dele foi incabível”, disse o advogado.

Em alta na Espanha, vinda de Diego pode ser dificultada

Tentando reforçar o elenco para o segundo semestre, o Peixe busca há tempos repatriar o meio-campista Diego, que atualmente pertence ao Wolfsburg, da Alemanha, mas está emprestado ao Atlético de Madri, que faz uma excelente temporada e pode ser campeão espanhol e também da Champions League. Caso isso ocorra, as chances do Alvinegro Praiano de trazer o jogador devem diminuir, de acordo com o técnico Oswaldo de Oliveira, que acredita que propostas de outros clubes europeus com valores mais altos do que o oferecido pelo Peixe devem aparecer.

“A situação do Diego tem muito a ver com o resultado da Champions. Se o Atlético de Madrid for campeão, ele certamente vai ter propostas europeias, que vão ser maiores do que as nossas. Do contrário, aumentam nossas chances”, comentou o treinador.

Mesmo sem ter um armador nato no time, Oswaldo vai improvisando e tentando adaptar jogadores na função. Os mais utilizados até agora foram Cícero e Gabriel, além de Lucas Lima que atuou no jogo diante do Princesa do Solimões, pela Copa do Brasil.

Rogério pede atenção com a defesa

Depois de passar com facilidade no segundo jogo contra o CRB e se classificar à próxima fase da Copa do Brasil, o Tricolor agora volta suas atenções para o clássico de domingo, dia 11, contra o Corinthians, em jogo válido pela 4ª rodada do Brasileirão. De acordo com o capitão do time, Rogério Ceni, para triunfar diante do rival o time precisará melhorar a defesa, que segundo ele fica muito exposta.

“Temos muito a melhorar. A formação que jogamos é muito ofensiva. Nossos volantes poderiam jogar de meias em qualquer time. O Ganso é um meia clássico e ainda temos três atacantes, é natural que se exponham. É um futebol bonito, de talento, mas que às vezes não cumpre a obrigação na parte defensiva, que precisa ser aprimorada”, avaliou o arqueiro.

Além disso, o goleiro ressaltou os pontos fortes do adversário e falou dos cuidados que o Tricolor deverá tomar. “O Corinthians está em primeiro e taticamente é uma equipe bem postada, que toma poucos gols. O jogo será em um campo rápido, pequeno, com dimensões parecidas com as do Pacaembu. Será preciso tomar cuidado, afinal será um jogo complicado”, finalizou.

Acompanhe o Campeonato Brasileiro

Neste fim de semana ocorre a quarta rodada do Brasileirão, começando no sábado, dia 10, com dois jogos às 18h30: o Palmeiras busca a reabilitação diante do Goiás no Pacaembu e o Internacional recebe o Atlético Paranaense no Beira Rio. Um pouco mais tarde, às 21h, o Botafogo pega o Criciúma no Maracanã.

No domingo, dia 11, os confrontos continuam com muitos clássicos, às 16h: o Fluminense encara o Flamengo no Maracanã, o São Paulo encara o Corinthians na Arena Barueri, o Atlético Mineiro duela com o Cruzeiro no Independência e a Chapecoense mede forças com o Grêmio na Arena Condá. Já às 18h30, três confrontos fecham a rodada: o Coritiba joga contra o Sport no Couto Pereira, o Bahia tem pela frente o rival Vitória na Fonte Nova e o Figueirense enfrenta o Santos no Estádio do Café.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

  face