Futebol – Edição 364

Mano escala titulares na despedida do Paulistão

Mesmo eliminado no Campeonato Paulista, o técnico Mano Menezes manda a campo seus principais jogadores neste domingo, dia 23, quando o Timão enfrenta o Atlético Sorocaba no Pacaembu, com exceção do zagueiro Cléber e do volante Guilherme.

Vamos jogar o jogo para ganhar, e só farei essas duas modificações (saídas de Cléber e Guilherme). Bem provável que utilize Bruno Henrique no lugar do Guilherme, e Felipe no lugar de Cléber. É mais coerente com tudo que estamos fazendo, então devo repetir o restante da equipe”, afirmou o treinador.

Com isso, Mano deve mandar começar o jogo com a seguinte escalação: Cássio, Fagner, Gil, Felipe e Fábio Santos; Ralf, Bruno Henrique, Renato Augusto e Jadson; Romarinho e Luciano. Após o jogo deste fim de semana, o alvinegro ficará quase um mês sem pisar no gramado, retornando apenas na estreia do Brasileirão, contra o Atlético Mineiro, no dia 20 de abril.

Focado no título, Leandro avisa que não será fácil derrotar o Verdão

Neste domingo, dia 23, o Palmeiras vai até a Baixada Santista para enfrentar o time local na Vila Belmiro. O Peixe é o principal rival na luta pela primeira posição geral do Paulistão, que dá a vantagem de jogar diante de sua torcida nas quartas de final e, caso passe, também a semifinal. Para garantir a liderança, o alviverde precisa apenas de um empate.

Se cumprir a meta, o Verdão tem grandes chances de encontrar o São Paulo na semifinal, rival que já venceu por 2 a 0 na primeira fase do torneio. Mesmo com essa possibilidade, o atacante Leandro mostra-se confiante da boa fase que o clube vive e avisa que não será fácil eliminar o clube da competição.

Pensamos primeiro em ficar no primeiro lugar geral, independentemente de quem vier depois. Sabemos da qualidade do nosso grupo e temos total confiança para pegar quem for pela frente porque daremos o nosso máximo. Não será fácil ganhar de nós”, avisou o atacante. Além disso, o jogador falou da importância de levantar um troféu do estadual no ano do centenário do clube. “Se não fosse importante, não jogaríamos. Se estamos na competição, é para sermos campeões. O Paulista tem grande importância, é o nosso principal objetivo agora”, finalizou.

Argel afasta rumores sobre possível entrega do jogo para o Oeste

Na última terça-feira, dia 18, a Lusa entrou em campo já garantida na elite do futebol paulista na próxima temporada e, apenas cumprindo tabela, acabou sendo derrotada pelo Oeste por 1 a 0. Após o confronto, começou um questionamento de que a Lusa não teria feito muitos esforços para vencer o jogo e ajudar o time de Itápolis, que está ameaçado de rebaixamento. Porém, o técnico Argel Fucks veio a público e fez questão de encerrar o assunto rapidamente.

Quem quer justificar o seu fracasso com outro time, para mim é incompetente. Essa é a verdade. Cada um que cuide do seu, nós fizemos o nosso trabalho. Não viemos aqui com um time misto, pelo contrário, viemos com o que tínhamos de melhor”, declarou.

O treinador também esclareceu que as mudanças feitas para o jogo foram normais, fazendo parte da estratégia utilizada por ele. “Não trouxemos o Leandro porque ele teve uma dorzinha na coxa, então poupamos. O Rondinelly foi trocado por opção técnica. Então viemos com o que tínhamos de melhor. Procuramos fazer o nosso trabalho, então cada um tem que se preocupar com o seu clube, com o seu futebol. Quando você não consegue atingir o objetivo, não é culpa dos outros”.

Thiago Ribeiro se destaca pela disciplina tática

Logo quando foi contratado em 2013, Thiago Ribeiro assumiu a titularidade no ataque e não saiu mais do time. Fundamental no sistema imposto pelo técnico Oswaldo de Oliveira, o camisa 11 tem cinco gols marcados no Campeonato Paulista, mas se destaca mesmo na questão tática, marcando a saída de bola adversária e dificultando a sequência no jogo dos rivais. Ciente de seu papel dentro do time, o atacante falou sobre a importância em ajudar marcando no campo de ataque para que o time recupere a bola com rapidez.

Sempre fui um jogador que gosta de ajudar. Quando perco a bola, volto para recuperar e partir em velocidade para surpreender o adversário. O fato de voltar para defender nunca foi desculpa. O jogador tem que fazer os dois – marcar e fazer gols. Futebol moderno é isso. O Cristiano Ronaldo, por exemplo, é assim: ele recupera e já sai buscando o jogo”, comenta.

Quanto ao clássico de domingo contra o Palmeiras, valendo a liderança geral do campeonato, Thiago Ribeiro ressalta a dimensão do jogo, mas não fala de uma final antecipada. “É claro que se cria uma expectativa (para o jogo). Mas o fato de terminar com a melhor campanha do campeonato, não quer dizer que os dois chegarão à final. Futebol é jogado dentro do campo, e a gente vai (caminhar) passo a passo. O jogo é decisivo, mas, acabando a primeira fase, começa outra competição. Quando começarem as quartas, tudo o que foi feito não contará mais”, disse o atleta.

Com pouca mídia, Ademilson se diz focado em seu trabalho

Desde a chegada de Muricy Ramalho ao Tricolor, o treinador utilizou o atacante Ademilson na maioria dos jogos, atuando nesta temporada em 14 dos 15 jogos disputados pelo time do Morumbi. Porém, com a chegada de Alexandre Pato, muito se fala que o jogador pode acabar perdendo espaço na equipe. Mesmo assim, o jogador não diz pensar nisso e mantém o foco em seu trabalho dentro do clube.

Não tenho que temer nada. Preciso continuar trabalhando e respeitando meus companheiros. O Muricy tem muita confiança em mim. Quero continuar com a cabeça tranquila para ajudar o time quando ele precisar“, afirmou.

Com Luis Fabiano, Alexandre Pato, Oswaldo e Pabón entre os atacantes tricolores, Ademilson acaba sendo o atacante menos lembrado pela imprensa em geral, o que não o preocupa e até brinca com o assunto. “Preciso continuar trabalhando, independentemente da matéria que saia. Com o Luis Fabiano também é assim. Você faz a jogada, ele marca o gol e você nem aparece (risos). É importante fazer o meu papel. Claro que eu gostaria de ver meu nome nas matérias, na capa, mas o importante é fazer os gols”, disse o camisa 11.

Acompanhe o Campeonato Paulista

Neste domingo, dia 23, acontece a última rodada da primeira fase do Paulistão com todos os jogos sendo disputados às 16h: o Corinthians pega o Atlético Sorocaba no Pacaembu, o Botafogo encara o São Paulo no Santa Cruz, o Ituano busca a vitória diante do Penapolense no Novelli Júnior, o XV de Piracicaba recebe o Comercial no Barão de Serra Negra, o Audax mede forças com o Linense no Prefeito José Liberatti, Santos e Palmeiras fazem o clássico em busca da liderança geral do grupo na Vila Belmiro, a Ponte Preta tem pela frente o Mogi Mirim no Moisés Lucarelli, o Paulista confronta o Bragantino no Jayme Cintra, o São Bernardo duela com o Oeste no Primeiro de Maio e a Portuguesa fecha sua participação no torneio contra o Rio Claro no Canindé.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *