Futebol – Edição 341

Tite fala em priorizar uma competição

Com a classificação do time para as quartas de final da Copa do Brasil e com o Brasileirão sendo disputado, o técnico Tite mostrou uma certa preocupação em conseguir manter o time jogando em alto nível nas duas competições. Com problemas em seu elenco, o treinador entende que será preciso priorizar um dos torneios.

Temos de controlar muito isso, porque vai prejudicar as duas competições. Prejudica a todos, não só ao Corinthians. O grau de exigência é muito alto. A ideia que tenho é que temos de priorizar uma ou outra, pois ambas são muito difíceis”, afirmou o técnico. Mesmo com o objetivo de priorizar um dos campeonatos, Tite disse que a palavra final é da diretoria do clube, que vai ver o que é mais importante. “A palavra final é do Dr. Mário (Gobbi, presidente), Roberto de Andrade (diretor de futebol) e Duílio (Monteiro Alves, diretor adjunto). Tem de ver o que é mais importante para o Corinthians”, completou.

Kleina lamenta ausência de Valdivia em jogos decisivos

No jogo do Verdão contra o Atlético Paranaense, em confronto válido pelas oitavas de final da Copa do Brasil, o clube palestrino saiu eliminado de campo depois de perder por 3 a 0. Para o técnico Gilson Kleina, não poder contar com o meia Valdivia fez a diferença e pode ser um dos motivos da precoce saída do time do torneio.

Ele vinha fazendo a diferença. Se o Valdivia estivesse nos dois jogos… É claro que sentimos a ausência dele. Sempre analisamos que um ou no máximo dois podem cair, pois os outros superam. Mas quando muitos caem não dá”, disse o comandante. Kleina ainda espera que o chileno possa se recuperar bem para ajudar o time a cumprir sua obrigação na temporada, que é o retorno à elite do futebol nacional. “Esperamos que ele possa reunir condições para contarmos com ele na Série B. O Valdivia é um jogador importantíssimo. Agora, só ficou uma realidade para nós e mais do que nunca o acesso é uma obrigação”, completou.

Montillo critica o calendário após lesão

Além de o Peixe acabar eliminado pelo Grêmio na Copa do Brasil, perdendo o jogo por 2 a 0, o clube sofreu a baixa do meia Montillo, que acabou saindo de campo ainda no primeiro tempo com uma lesão muscular na coxa esquerda. Após o jogo, o argentino falou que o excesso de jogos pode ter causado a contusão, criticando o calendário do futebol brasileiro. “É algo chato. Ninguém gosta de se machucar. Mas, infelizmente, o calendário (brasileiro) é muito apertado, não se pode escolher os jogos (para ficar fora). Estava me sentido bem, só que senti essas dores. Essa lesão chegou em uma hora inesperada”, afirmou o camisa 10.

Abatido, o meio-campista disse que vai continuar torcendo por seus companheiros no próximo confronto contra o Fluminense, neste sábado, dia 31, no Maracanã. “Agora é torcer do lado de fora, o que é ainda mais duro do que estar em campo. Vamos torcer por um grande resultado contra o Fluminense, pois no sábado é um jogo importante pelo Brasileirão”, finalizou.

Rafael Toloi elogia comissão técnica

O Tricolor continua a briga para deixar as últimas colocações do campeonato. No entanto, com um futebol melhor jogado no último confronto diante do Fluminense, o clube do Morumbi voltou a vencer. Para o zagueiro Rafael Toloi, o trabalho realizado pela comissão técnica vem dando confiança e espera que seja o começo de uma reação do time.

O Paulo Autuori já merecia essa vitória muito antes. Infelizmente demorou para acontecer, mas conseguimos dar um importante passo graças ao trabalho da comissão técnica. Claro, no Brasileiro ficou muito difícil pra gente, mas queremos conquistar um título com o nosso treinador. Temos a Copa Sul-Americana e será uma boa oportunidade para brigarmos pelo troféu”, afirmou o camisa 2.

Neste domingo, dia 1º de setembro, o Tricolor tem mais um grande desafio pela frente, enfrenta o Botafogo, vice-líder da competição, no Maracanã, e terá que conseguir um bom resultado para sair da zona incômoda que ocupa.

Conseguimos provar dentro de campo que nossa equipe melhorou. Desde a semana passada que nós já sentimos diferença de posicionamento e postura do time. Temos um adversário difícil pela frente, com qualidade e vamos jogar na casa deles. Nossa situação ainda é complicada no campeonato, mas precisamos vencer para ter uma tranquilidade maior”, completou Toloi.

Acompanhe o Campeonato Brasileiro

Neste fim de semana ocorre a 17ª rodada do Brasileirão, começando no sábado, dia 31, com quatro jogos às 18h30: o Grêmio pega a Ponte Preta na Arena Grêmio, o Goiás joga contra o Atlético Mineiro no Serra Dourada, o Náutico busca a vitória diante do Atlético Paranaense na Arena Pernambuco e a Portuguesa encara o Bahia no Canindé. Um pouco mais tarde, às 21h, o Fluminense recebe o Santos no Maracanã.

No domingo, dia 1º, a rodada continua às 16h, com mais quatro confrontos: o Botafogo mede forças com o São Paulo no Maracanã, o Corinthians enfrenta o Flamengo no Pacaembu, o Vitória joga com o Criciúma no Barradão e o Coritiba tem pela frente o Internacional no Couto Pereira. Encerrando os jogos, às 18h30, o Cruzeiro tenta manter a liderança do campeonato diante do Vasco no Mineirão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

  face