Em Foco – Edição 519

Vicentinos fazem arrecadação de mantimentos

A Sociedade de São Vicente de Paulo está arrecadando alimentos todo segundo domingo do mês durante as missas realizadas na Paróquia N. Sra. do Bom Parto. As doações também podem ser enviadas para a sede dos Vicentinos, localizada na rua Azevedo Soares, 957, Tatuapé, com o horário de funcionamento de seg. a sex., das 9h30 até as 11h30.

Chá Beneficente da Creche Maria Thereza De Mello Mororó

Acontece dia 13, quinta-feira, às 13h na rua da Mooca, 3.911 (Salão Paroquial) – Paróquia Nª. Sª. do Bom Conselho. O convite custa R$50,00. E toda quarta-feira das 10h às 16h30 acontece o Bazar Permanente da Creche Maria Thereza De Mello Mororó com artigos novos e seminovos.

Começa a campanha Retire se Precisar, Doe se Sobrar

A campanha solidária consiste em disponibilizar, através de doações espontâneas, roupas para pessoas em situação de rua ou sem condições de se agasalhar diante do frio intenso que faz em São Paulo. Não é necessário nenhum protocolo para doar as peças de roupas, apenas pendurar nos ganchos disponíveis na fachada do Campus junto à calçada. Caso não haja espaço, a doação pode ser entregue na portaria que assim que houver espaço será pendurado para doação. Quando: Julho/Agosto. Onde: Calçada do Campus FESPSP – Rua General Jardim, 522, Vila Buarque (Entre as ruas Dr. Vila Nova e Dr. Cesário Mota Jr., em frente à Praça Rotary).

Show no Sesc Belenzinho reúne Ellen Oléria, Alma Thomas e Walmir Borges

Integrando o projeto Música Preta, a comedoria do Sesc Belenzinho recebe no dia 7 de julho (sexta-feira, às 21h30) o show Baile da Nêga, que reúne os intérpretes Ellen Oléria, Alma Thomas e Walmir Borges. O Baile da Nêga foi idealizado com o objetivo de reverenciar – de forma autêntica e com muito suingue – o legado da música preta do Brasil, além de promover o encontro de artistas contemporâneos. O espetáculo convida o público a dançar ao som de ritmos como soul, funk e samba, relembrando os antigos bailes de salão. Local: Comedoria – Sesc Belenzinho. Rua Padre Adelino, 1000 – Belenzinho. Tel.: 2076-9700. Ingressos: R$ 20,00 (inteira); 10,00 (aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e servidor da escola pública com comprovante) e R$ 6,00 (trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo credenciado no Sesc e dependentes).

Saúde Municipal realiza teste rápido de HIV na Paulista

Ação acontecerá aos domingos, das 11h às 15h, para detecção do vírus da AIDS, além de orientação e distribuição de preservativos masculinos e femininos. A Campanha Fique Sabendo, realizará a testagem rápida de HIV todos os domingos, das 11h às 15h, na avenida Paulista, em frente ao Parque Mário Covas, pelos próximos três meses. A ação contará com a presença de 10 técnicos do programa, que farão ao menos 150 testagens por dia, além de oferecer aconselhamento, orientações e distribuição de insumos de prevenção contra o vírus da AIDS, como preservativos masculinos e femininos.

Coletivo de fotógrafos drusos ocupa nova mostra do Museu de Arte Sacra de São Paulo

O Museu de Arte Sacra de São Paulo – MAS/SP expõe Religiosidade em Israel Através de Lentes Drusas. Composta por 40 registros feitos pelo coletivo Clube de Fotógrafos Drusos – formado por Ameer Zeyan, Effo Backria, Eyal Amer, Fares Saaida, Jamal Ali, Rabia Basha, Zohar Ferro -, a exposição aborda aspectos da religião drusa, captando também manifestações da fé de comunidades judaicas e cristãs. A comunidade drusa é um pequeno grupo etno-religioso, uma minoria no Oriente Médio, que sempre teve uma relação com a comunidade judaica no território israelense, e que estreitou os laços a partir do estabelecimento do Estado de Israel, em 1948. Sua fé é uma crença monoteísta baseada em filosofias gregas e orientais e uma teologia secreta que destaca o papel da mente e da veracidade, aberta apenas aos estudiosos religiosos drusos. No Brasil, existe uma pequena comunidade de drusos que reside, em sua maioria, em São Paulo. Ao visitar esta exposição coletiva, o espectador terá acesso a imagens que retratam cerimônias e demonstrações de fé que cerceiam a vida e a morte, e que nos dão um panorama da diversidade de crenças em Israel. Até 27 de agosto. Local: Museu de Arte Sacra de São Paulo. Local: Av. Tiradentes, 676, Luz (ao lado da estação Tiradentes do Metrô). Tel.: 11 3326-5393. Horário: de terça-feira a domingo, das 9 às 17h (bilheteria das 9 às 16h30). Ingresso: R$ 6,00 (estudantes pagam meia); grátis aos sábados. www.museuartesacra.org.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

  face