Dom Odilio Scherer homenageia padre José de Anchieta

No dia 6, domingo, às 10h, o arcebispo de São Paulo Dom Odilio Scherer promoverá uma procissão entre o Pátio do Colégio e a Catedral da Sé para comemorar a canonização do beato padre José de Anchieta. Na ocasião, o público poderá ver de perto algumas relíquias do padre e, ainda, assistir a uma missa de Ação de Graças.

Processo de canonização
Durante a manhã do dia 3 de abril, o Papa Francisco anunciou a canonização do padre José de Anchieta. Beatificado por João Paulo II em 1980, o jesuíta espanhol recebe o nome de São José de Anchieta e se torna o terceiro santo brasileiro. Madre Paulina (nascida na Itália) foi canonizada em 2002 e Frei Galvão, único santo nascido no Brasil, recebeu o título em 2007.

Ainda no dia 03, o presidente da CNBB (Confederação Nacional dos Bispos do Brasil), Dom Raymundo Damasceno, declarou ao site G1 que o Papa Francisco percebeu que a canonização de Anchieta “era mais que justa”, mesmo sem a comprovação de milagres. “O Santo Padre viu que, de fato, era mais do que justo colocar esse missionário como modelo de virtude para toda a Igreja, com a canonização. E como modelo de missionário também, para todo evangelizador, em todos os tempos. O Papa viu nele, realmente, alguém que viveu de maneira heroica as virtudes evangélicas”.

Padre Anchieta viveu no Brasil no século XVI, sendo um dos fundadores da cidade de São Paulo, em 1554. “Ele exerceu seu ministério de maneira muito cultural. Soube lidar com os índios, aprendeu as línguas, falou suas línguas, escreveu a gramática tupi-guarani. Um missionário que soube evangelizar (…) Por isso ele merece o título de apóstolo do Brasil e creio que pode ser colocado como modelo de evangelizador, para todos os tempos, épocas e missionários”, afirma Dom Raymundo ao G1.

Fontes:
G1, Folha de São Paulo e Estadão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

  face