Dicas de alimentos para diminuir a circunferência da cintura

Toda mulher tem dificuldades para diminuir a circunferência da cintura, porém de acordo com a nutricionista Thabata Martins, do Zahra Spa & Estética, é possível realizar este desejo seguindo uma alimentação regrada e saudável. Para que isso se torne ainda mais fácil, a especialista elaborou 8 dicas de alimentos que ajudam a dar uma turbinada no seu visual, confira as quantidades e seus benefícios:

• 01 Iogurte desnatado sem sabor (pote pequeno de 100g)
Ingerir iogurtes diariamente ajuda na redução de medidas da cintura, pois a bebida é rica em cálcio, mineral que bloqueia enzimas envolvidas na formação de gorduras e que estimula o uso da gordura para a obtenção de energia. Bebendo três porções de iogurte por dia, pode-se reduzir a quantidade de gordura corporal à metade, e uma opção para quem não é muito fã da bebida é usá-la na forma desnatada para a substituição do creme de leite na preparação de pratos doces ou salgados.

• Arroz integral (100 gramas cru)
A presença de fibras, proteínas, magnésio e algumas vitaminas tornam o arroz integral um alimento especialmente importante para aqueles que buscam o emagrecimento.
Ele pode auxiliar na sensação de saciedade, redução do colesterol, da glicose sanguínea, da ansiedade e da depressão. Obviamente, isso só será alcançado quando o arroz fizer parte de uma alimentação individualmente equilibrada e rotineira.

• 02 maçãs
A ingestão de alimentos que possuem cromo também colabora para a redução da gordura corporal na região do abdômen. Esse mineral é capaz de diminuir o desejo por doces, reduzindo, com isso, a transformação de carboidratos em gorduras. Tal mineral também é encontrado em batatas, ovos, queijos, banana, brócolis, carne, espinafre, pimenta-do-reino, ostras e grãos integrais.

• 02 Laranjas
Alimentos ricos em vitamina C apresentam propriedades que diluem a gordura. Além disso, há uma substância presente nesses alimentos que diminui o nível de absorção de glicose pelo corpo, a Pectina. Essa fibra, obtida também em todas as frutas cítricas, maçã, pêssego e pera, faz com que a absorção do açúcar ocorra mais lentamente, evitando assim que se transforme em gordura.

• 02 tomates e algumas folhas de alface
A alface é perfeita para emagrecer, além de ter propriedades e benefícios nutricionais muito grandes. Rica em betacaroteno, pectina, fibra, lactucina e uma grande variedade de vitaminas, como A, E, C, B1, B2 e B3, ela ainda possui cálcio, magnésio, potássio e sódio. E como é um vegetal que se come cru, não sofre o processo de cozimento que lhe tiraria muitas propriedades. Contém uma boa quantidade de ferro, o que ajuda a combater a anemia. Tem propriedades analgésicas que acalmam dores musculares, antioxidantes que contribuem para diminuir o envelhecimento celular, melhora os níveis de colesterol e ajuda a circulação. É ideal para as pessoas diabéticas já que regula os níveis de açúcar no sangue. Além de ter propriedades digestivas, combate problemas de flatulências, já que atua como um excelente remédio em casos de inflamação abdominal.

Já o tomate que é a fonte mais rica em Licopeno, poderoso antioxidante que combate os radicais livres, retarda o envelhecimento e pode proteger contra o câncer, inclusive o de próstata. O licopeno é um carotenoide que confere a cor vermelha ao tomate e pode ser também encontrado, em menores quantidades, na melancia, na goiaba, no morango e no mamão. Além disso, os tomates são também fontes de Vitamina C e de Potássio, mineral importante no controle da pressão arterial.

• 01 lata de atum light sólido em pedaços
Carnes são importantes fontes de vitamina B12, a qual ajuda na perda de peso por queimar gorduras.

• Aveia ou granola (100g)
Fibras solúveis também compõem os alimentos que ajudam no controle dos níveis de açúcar do sangue, como o feijão, legumes, ervilhas e outros, que ao entrarem em contato com a água se dissolvem e formam uma espécie de gel, aumentando o bolo alimentar e ocupando o organismo com a digestão, o que fornece a sensação de saciedade por um tempo prolongado.

• 01 ou 02 Pimentas vermelhas dedo-de-moça
E, por fim, a pimenta vermelha auxilia no emagrecimento, isso porque apresenta capsaicina, composto que aumenta a produção de hormônios como a adrenalina e a noradrenalina, os quais diminuem o apetite e a ingestão de calorias durante as refeições.

SERVIÇO:
Zahra Spa & Estética – www.zahra.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *