Confira a situação das principais seleções

Uruguai – Vitória da alma Celeste
Muita raça! Talvez este seja o melhor jeito de descrever a vitória da Celeste Olímpica contra os ingleses, que deu um novo fôlego ao time. Como não podia ser diferente, Luis Suárez, um dos melhores atacantes do mundo, foi o destaque do jogo anotando os dois tentos dos sul-americanos.

Espanha – O maior vexame
A atual campeã do mundo é simplesmente o maior fiasco do Mundial. Foi humilhada em campo pela Holanda e tomou um baile dos chilenos, decretando a eliminação espanhola, justamente pelo futebol apresentado. Agora “La Fúria”, que não honrou o apelido, fecha sua participação contra a Austrália, que também acabou eliminada após duas derrotas.

Alemanha – Dominando os adversários
Os germânicos conseguiram em apenas um jogo confirmar todo o favoritismo depositado nessa seleção. Atropelaram Portugal por 4 a 0 e devem garantir a classificação contra Gana, neste sábado, às 16h. Realmente, os comandados de Joachim Löw vieram para o Brasil com tudo em busca da quarta estrela.

Colômbia – ¡Arriba, Colômbia!
Para quem achou que a seleção colombiana se resumia apenas ao atacante Falcao Garcia e que sem ele não faria nada na competição, se enganou completamente. Com um time entrosado e com uma torcida apaixonada empurrando a cada minuto, “Los Cafateros” venceram dois jogos e já estão garantidos na próxima fase do torneio.

Argentina – Pode fazer mais
Com mais de 70 mil espectadores na primeira partida, nossos “hermanos” chamam atenção do público do mundo inteiro por contar com alguns dos principais atacantes do mundo, como Messi, Agüero e Di Maria. Mesmo assim, não conseguiu impressionar a todos com a vitória apertada por 2 a 1 diante da limitada seleção da Bósnia. Agora nos resta ver neste sábado, às 13h, como vai ser o comportamento do time contra o Irã.

Holanda – Buscando um equilíbrio
A Laranja Mecânica entrou em campo duas vezes até o momento. Venceu as partidas, mas passou duas impressões diferentes. Diante da Espanha realizou uma goleada histórica sem passar por nenhuma dificuldade. Já contra a Austrália, tecnicamente um adversário mais fraco, passou por maus bocados correndo o risco até de não vencer o jogo. Agora os holandeses terão que triunfar diante de uma ótima seleção chilena para garantir o primeiro lugar da tabela. Um grande jogo que define o adversário da Canarinha.

Chile – Uma grata surpresa
Incrível a campanha que fazem os chilenos, dentro de campo e também nas arquibancadas. Muito bem treinada por Jorge Sampaoli, a seleção fez um jogo memorável contra a Espanha onde carimbaram a classificação às oitavas de final.

Bélgica – Os talentos de uma geração
Com uma seleção jovem e talentosa, os belgas passaram sufoco no primeiro jogo e acabaram tendo que conseguir uma virada diante da Argélia para sair da cancha com os três pontos. Neste domingo, dia 22, os Diabos Vermelhos têm o desafio mais difícil do grupo, onde enfrentam a Rússia no Maracanã.

França – A eficácia dos azuis
Mesmo com uma seleção que não empolga muito e com o desfalque de Franck Ribéry, o principal jogador do país, os franceses são muito respeitados e já impuseram sua força diante de Honduras, batendo por 3 a 0 e liderando o Grupo E.

Inglaterra – Bye bye!
Outro fiasco do Mundial. Talvez um pouco menor que o espanhol, já que até os próprios britânicos não acreditavam muito no English Team, mas cair logo na primeira fase para um país tão tradicional no esporte é, sim, um tremendo vexame. Além disso, os Three Lions se despedem da Copa do Mundo diante da sensação Costa Rica, que pode aplicar outra peça em outro campeão do mundo.

Itália – Se complicando…
O grupo da morte embolou de vez! Após vencer bem o primeiro jogo contra a Inglaterra, a Itália não fez o que se esperava e perdeu para os costarriquenhos pelo placar mínimo e terá que jogar pelo empate contra o Uruguai na última rodada. Em caso de derrota, os tetracampeões voltam para casa.

Costa Rica – Digna de aplausos
Impressionante o que essa seleção conseguiu fazer no Mundial. Em um grupo onde ninguém nem citava o nome do país como um possível time a se classificar, os costarriquenhos venceram seus dois primeiros jogos e passam em primeiro onde três campeões do mundo eram vistos como favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

  face