Ciesp Leste promove encontro e alerta sobre o futuro das indústrias e empregos na região

No dia 18 de fevereiro, o diretor do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (CIESP) – Distrital Leste, Ricardo Martins, promoveu um almoço entre os veículos de comunicação da região no Bracia Parrilla. O objetivo foi aproximar-se da mídia, falar sobre o desenvolvimento da região e apresentar a atual situação das indústrias da zona Leste.

Segundo levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), somente nos meses de novembro e dezembro de 2013, a produção industrial nacional caiu 3,5%. No Estado de São Paulo a queda foi ainda maior: 5,5%. A queda estadual, acumulada nos últimos doze meses, chega a 6,4%. O índice de emprego industrial também caiu 1,1% em 2013.

Como consequência, as 7.500 indústrias da região Leste da Cidade, na sua grande maioria, de porte pequeno ou médio, estão padecendo e já não conseguem dar continuidade às suas atividades”, disse Ricardo.

A região acabou atraindo um contingente populacional de baixa renda, imigrantes e migrantes, que vieram para São Paulo em busca de melhores condições de vida. “Atualmente, 37% da população paulistana vive na zona Leste, que é tida apenas como “região-dormitório””, conta Martins.

Pequenas e médias empresas da Mooca esperam ser preservadas
Diante do contínuo crescimento de residências próximas ao polo industrial da região, em um futuro próximo as indústrias podem ser expulsas do local, assim abrindo mão da estrutura que ali foi criada para escoar a produção por vias férreas e rodovias. De acordo com Ricardo, “um caso típico dessa situação é a região da Mooca, com suas tradicionais fábricas que acabam de ver realizado o sonho de ter um ramal ferroviário ali implantado, o que facilitou demais a logística das indústrias processadoras de aço ao seu redor. A prefeitura, porém, está propondo a criação de um Polo de Desenvolvimento Econômico em Itaquera, quando os empresários querem a garantia de permanecer no Complexo Industrial da Mooca-Vila Carioca. O setor industrial do bairro da Mooca teme ser obrigado a se deslocar da região, por isso quer delimitar o Parque Industrial da Mooca, onde já existem 25 mil empregos diretos e 12 mil indiretos gerados pela indústria instalada”.

Neste momento, uma ação importante é tentar preservar as pequenas e médias empresas como forma de empregar os moradores localizados ali.

SERVIÇO:
CIESP – Distrital Leste
www.ciespleste.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

  face