Charges de Glauco na Caixa Cultural São Paulo

Até 30 de junho fica em cartaz a exposição inédita Abobrinhas da Brasilônia, do cartunista Glauco Villas Boas (1957-2010). Além da homenagem ao talento do cartunista, a mostra pretende fazer uma viagem pelos últimos 30 anos de história política no Brasil, na qual se sobrepuseram movimentos políticos e governantes que ofereceram farto material e argumentos ao olhar sensível e aguçado de Glauco. Com desenhos originais, o público poderá conhecer parte da produção que encantou leitores de jornais, com tiras ácidas, piadas rápidas, traço limpo e que muito contribuiu para a modernização do projeto gráfico nas publicações brasileiras, assim como para a produção de cartuns.

Na apresentação, além da linha do tempo contando um pouco da história do Glauco e da fundamentação de suas personagens, estarão expostos 30 desenhos originais do acervo da família. O segundo momento é dedicado à charge política, Abobrinhas da Brasilônia, com a exposição de 100 trabalhos de quase 30 anos de produção que cobrem os governos Sarney, Collor, Itamar, FHC, Lula e Dilma. Por último, o visitante terá um espaço dedicado a homenagens, com painéis criados, no dia da abertura da exposição, por artistas como Angeli, Laerte, Rodrigo Chã, Ygor Marota, Ceci Soloaga, Spetto, Jaime Prades, Silvio Galvão, Binho Ribeiro, Valter Nu, Marcio Fidelis, Alan Siber, Pelicano, Inaiá Vilas Boas, Ninguém Dorme, Adão, Montanário e Boleta.

SERVIÇO:
Abobrinhas da Brasilônia – Charges de Glauco Villas Boas – Praça da Sé, 111 – Infos.: 3321-4400 – Centro – Até 30/06 – Hor.: De 3ª a dom., das 9h às 20h – Entrada franca – Classificação: livre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *