Boca no Trombone – Edição 375

Este espaço é dedicado aos leitores e moradores da região que desejam fazer alguma denúncia ou reclamação. Se algo lhe incomoda e você precisa desabafar, não pense duas vezes: coloque a Boca no Trombone!

Reclamação referente à matéria CET altera circulação da rua dos Trilhos, na Mooca, publicada na edição 360
“Moro na Mooca há 50 anos. O que aconteceu foi o seguinte: o trecho que foi interditado entre a rua Marcial e o comecinho da rua Bresser, onde fica o Colégio Camargo Aranha, era o acesso que o pessoal tinha para pegar o viaduto Bresser, para entrar na rua Taquari, para ir até a Faculdade São Judas, até a AACD, até o posto de saúde em frente… Era um acesso fácil. Então, quem vem pela rua Marcial hoje, tem que subir a rua dos Trilhos, entrar na Juvenal Parada, subir até a rua da Mooca, descer e pegar todo o trânsito que tem na rua da Mooca e lá tem duas escolas, o Colégio São Judas, outro colégio na rua dos Trilhos e ainda tem outro na Juvenal Parada… o horário de entrada e saída das escolas está jogando todo este trânsito para lá, sendo que o pessoal só descia estes 20 metros e entrava na rua. Além de mudar o sentido da rua dos Trilhos nestes 20 ou 30 metros, eles fecharam o final da rua Bresser e é justamente onde ficam os bares que acumulam um monte de gente, eles tornaram o final da rua Bresser uma rua sem saída. Era uma rua que passavam ônibus, tinha ponto de ônibus… Parece que foi até feito de propósito, os bares estão pondo mesas na rua e vai acabar causando problemas até para a polícia, porque tem prédio residencial em frente. E como eu disse, era acesso para vários lugares e não era esse pedaço que atrapalhava a fluidez do trânsito, já que é um pedaço tão curto. E agora estão jogando todo o trânsito para a rua da Mooca e a avenida Paes de Barros, que já têm um trânsito complicado durante o dia, e isso está causando mais transtorno para os moradores, que já colocaram faixas protestando, mas a CET retirou. Para as escolas também ficou ruim, porque muitos pais deixam os filhos nas escolas, além das peruas escolares que também transitam no local, então já formava um congestionamento e agora somou com o volume de carros que desviavam deste trecho e agora são obrigados a passar por lá. Por isso, eu acho que as autoridades deviam rever as mudanças que fizeram no local.”

Morador da Mooca – por telefone

Resposta da assessoria de imprensa da CET
Em atenção à solicitação do leitor, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) esclarece que a antiga circulação da rua dos Trilhos, sentido duplo de direção a partir da rua Bresser, resultava em filas que atingiam toda a extensão da via, chegando à Praça Kennedy e Radial Leste, prejudicando o tráfego geral e, principalmente, o transporte público na Radial Leste no pico da tarde.

A CET lembra ainda que em 23/09/13 foi implantada uma faixa exclusiva de ônibus no trecho entre a Praça Kennedy e a rua Clark, contemplando 11 linhas de ônibus, mas que agravou a situação para os veículos em geral na rua dos Trilhos, visto a perda de uma faixa de rolamento. A lentidão passou a atingir quase que diariamente a Radial Leste, prejudicando a velocidade dos ônibus e seu acesso à rua dos Trilhos.

Dessa forma, com o objetivo de melhorar o desempenho do trecho, a partir de 08 de fevereiro a CET implantou mão única de direção, no sentido Bairro, na rua dos Trilhos, entre a rua Bresser e Praça dos Industriários; e o mesmo na rua Bresser, entre a rua Taquari e a rua dos Trilhos. Após as mudanças, foi constatada melhora significativa no trânsito na rua dos Trilhos no pico da tarde, inclusive no antigo trecho de mão única e junto à rua Taquari, onde ocorria um grande conflito entre ônibus e carros. Com a mudança de sentido, eliminou-se ainda o volume sentido Centro da rua dos Trilhos, que se destinava à rua Bresser, o que contribuiu também para a melhora da rua Taquari, junto à Universidade São Judas. Por fim, a CET esclarece que ainda estão sendo realizados ajustes nos semáforos, nos horários de pico (manhã e tarde), principalmente na rua da Mooca, visando a melhoria do trânsito na região.

One Response to Boca no Trombone – Edição 375

  1. rosangela spandri disse:

    Venho informar sobre uma sequência de assaltos a residência que vem ocorrendo nas ruas do antigo conjunto Acrópole ( 5 ruas curtas que cortam o quarteirão entre as ruas Serra do Japi, Itapura, Emilia Marengo e Itapeti).Só na rua Padre José Morschhauser, entre dezembro de 2013 e o último dia 07, foram 06 ocorrências de roubos,todos com as mesmas características: casas vazias, moradores no trabalho ou em viagem,no horário da tarde. Os assaltantes certamente possuem informações privilegiadas sobre a rotina dos moradores. Diante de situação tão grave e sem o apoio necessário para a investigação dos crimes, fica esse registro para os demais moradores da redondeza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

  face