Aproveite a primavera para investir em um cantinho verde

Em grandes cidades, pequenos espaços verdes, sejam parques ou praças, o paisagismo comercial ou residencial é um verdadeiro oásis. A natureza realmente é incrível em qualquer época do ano, ainda mais durante a primavera, quando as flores trazem ainda mais beleza. O bem-estar causado pelo verde faz bem para a saúde, trazendo mais inspiração e disposição no dia a dia. Por isso é recomendável que, cada vez mais, as pessoas se preocupem em trazer a beleza do verde e das flores para dentro de casa, condomínios ou empresas.

Visto isso, vale muito a pena investir em um jardim externo ou um cantinho verde em áreas internas ou externas das construções. Mas muitas pessoas têm dúvidas sobre o cuidado com as plantas e quais espécies são indicadas. Ter um jardim florido e bem cuidado é muito prazeroso, mas realmente exige cuidado contínuo, além de investimento em adubo, controle de pragas, e um profissional qualificado para cuidar periodicamente das plantinhas.

Algumas dicas para quem não tem tempo, paciência ou mesmo dinheiro para cuidar de um jardim: para pessoas que gostam de ter plantas em casa e os cuidados se limitam à rega, é recomendado utilizar vasos com espécies plantadas e adequadas para ambientes internos. Tais espécies necessitam de menos tempo de cuidado e inclusive menos rega. Uma espécie que floresce em ambiente interno e quase o ano todo é o antúrio e sua variedade “míni”, que é mais delicada e menor. Para quem prefere não se preocupar nem mesmo com a rega das plantas por causa da correria do dia a dia, a melhor opção é contratar arranjos florais em empresas especializadas que fornecem o serviço e os substituem periodicamente. Já aqueles que buscam praticidade e custo zero de manutenção, plantas artificiais podem ser uma boa opção.

Durante a primavera é necessário procurar por espécies rústicas e mais resistentes, como a azaleia, primavera, íris azul, ixora e lavanda. Estas espécies resistem muito bem aos meses frios e estarão lindas na primavera. Em contrapartida, espécies conhecidas como tropicais, que são mais sensíveis a variações climáticas, estarão na primavera com suas folhas queimadas, com manchas e em alguns casos podem demorar meses para se recuperar.

Nesta época do ano, quando a maioria das espécies está florescendo, as plantas precisam de cuidados especiais como rega constante e adubação adequada para cada tipo de espécie. Ainda assim, leva algum tempo para que um jardim fique bonito e bem formado. No início da primavera é indicado evitar espécies com folhas delicadas, que é o caso das tropicais. Já no final da primavera certas espécies já estarão revigoradas e florescendo muito bem, como é o caso das impatiens, margaridas, gardênias, dentre outras.

SERVIÇO:
Daniela Sedo – Arquitetura e Paisagismo
www.danielasedo.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *