A bordo da Williams, Massa volta a sonhar com vitórias

Neste fim de semana voltam as emoções da Fórmula 1, com a primeira etapa sendo disputada em Melbourne, na Austrália, no domingo, dia 16, por 22 pilotos.

Para esta temporada, houve algumas mudanças nas regras como, por exemplo, a volta dos motores turbo que estavam fora da principal categoria do automobilismo mundial desde 1989. A novidade já está dando o que falar, já que nas três semanas de pré-temporada, uma em Jerez de la Frontera e duas no Bahrein, as equipes que utilizaram o motor da Renault sofreram muitos problemas. Além da empresa francesa, Ferrari e Mercedes também produzem os propulsores.

Para os brasileiros, mais uma vez a esperança de vitórias fica a cargo de Felipe Massa, que chega a sua 13ª temporada com muitos altos e baixos, como quase sendo campeão mundial em 2008 e com a possibilidade de ficar fora do campeonato nesta temporada, após ter um ano muito ruim na Ferrari. Em sua nova escuderia, a Williams, o piloto vive a expectativa de dias melhores, principalmente com o bom desempenho de seu carro na pré-temporada.

Pensei em muitas coisas. Pensei até que não poderia continuar na F-1, que minha carreira poderia acabar. Se eu não achasse uma equipe decente para continuar eu sempre falei que preferia não continuar. Estou aqui para correr em uma equipe que me dê um carro para trabalhar. Tudo que você pode imaginar eu pensei. Faz parte de uma carreira. Há momentos bons e momentos difíceis onde você acaba pensando em tudo. A gente tem que estar preparado para voltar a ser competitivo. E tomara que isso aconteça”, disse Massa.

Ciente do desafio que tem pela frente, Felipe mostrou-se ansioso para a primeira corrida do ano e elogiou a cidade e público adepto do esporte. “Eu amo Melbourne, é um lugar fantástico e que tem uma grande atmosfera. As pessoas realmente amam corridas e a Fórmula 1, e por isso sempre nos recebem muito bem. Gosto da pista, é um circuito desafiador. Estou ansioso para correr este ano e ter um bom começo de temporada com a Williams”, avaliou. Os treinos que acontecem na madrugada de sexta para sábado, às 3h e o Grande Prêmio australiano que ocorre na madrugada de sábado para domingo, às 3h terão transmissão da TV Globo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *