Vizinhos devem ter bom senso na hora de festejar em dias de jogos, alerta especialista

Apitos, cornetas, buzinas… Em dias de jogos, os sons desses artigos dominam as ruas da cidade que sedia a partida. Para quem mora em condomínio e não gosta de futebol, essa bagunça pode se transformar numa grande dor de cabeça. O advogado Daphnis Citti de Lauro, especialista em Direito Imobiliário, diz que o bom senso entre as duas partes deve predominar. “O limite da festa é o bom senso. Deve-se preocupar com o bem-estar do próximo, no caso, do vizinho. Do outro lado, tratando-se de ocasiões isoladas, também é necessário um pouco de compreensão de quem se sente incomodado. Se de um lado é preciso tomar cuidado para não incomodar o próximo, de outro é necessário um pouco de tolerância”, afirma.

O advogado explica que, caso um morador se sinta incomodado com o barulho, mesmo durante a partida e fora do ‘horário de silêncio’, pode reclamar com a administração do condomínio: “Mesmo fora do horário entre 22h e 7h, ninguém tem o direito de incomodar os vizinhos. Não é porque é meio da tarde que pode fazer o barulho que bem entender.”

Daphnis de Lauro explica ainda que a administração deve tomar as medidas usuais adotadas em caso de reclamações de barulho: “Inicialmente é feita uma advertência ao morador. Em caso de não atendimento, o condomínio poderá aplicar uma multa”.

SERVIÇO:
Daphnis Citti de Lauro
www.dclauro.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

  face